Portal TRT 19ª Região
Acessibilidade -
Portal TRT 19ª Região

Noticias Anteriores

VT de São Luís do Quitunde apresenta a menor taxa de congestionamento na fase de conhecimento

A Corregedoria do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL) realizou, no último dia 22 de agosto,  audiência pública de correição na Vara do Trabalho de São Luís do Quitunde. Os trabalhos foram conduzidos pelo desembargador Marcelo Vieira, no exercício da função de corregedor do TRT/AL. Em relação ao prazo médio de prolação de sentenças, verificou-se que as sentenças dos processos que tramitam no rito sumaríssimo são prolatadas no mesmo dia da conclusão, enquanto que as do rito ordinário têm prazo médio de 5 dias -  performance considerada excepcional. 

      A taxa de congestionamento na fase de conhecimento foi de 14,2%, melhor índice da região. Esse percentual foi impulsionado pela taxa de congestionamento de pauta, que ficou em 10%. O índice de conciliação chegou a 52,2%, bem acima da média do Regional, que é de 43,4%. O desempenho na prolação de sentenças líquidas, de 87,2%, foi superior à média Regional, de 72,6%, configurando o 8º melhor índice da Região. Constatou-se que o juiz titular profere decisões líquidas em 94,3% dos processos que julga.

      O relatório de correição também apontou que a Unidade obteve o 7º melhor índice de execução, de 115,1%, número superior à média da Região, que alcançou o percentual de 104,8%. Considerando os sete primeiros meses de 2017, o índice de execução (IE) apresentou percentual de 110,5%. Em razão desse desempenho, a taxa de congestionamento nessa fase durante todo o período correcional ficou em 60%,  a 2ª melhor do Regional, cuja média é de 81%.

      Os dados apontaram uma tendência crescente de solucionamento dos processos, especialmente nos últimos meses, o que  contribuiu  para que o índice de processos julgados (IPJ) de todo o período correcionado superasse o desejado (100% + 1 processo) e chegasse a 102,5% - muito próximo dos 105,4% da média regional, superando-a posteriormente nos seis primeiros meses de 2017, ao chegar a 107,3%.

      Na audiência, o secretário da Corregedoria, Auricélio Ferreira Leite, apresentou um  dado novo no que se refere ao índice de absenteísmo dos servidores da VT, que ficou em 2,6%, um dos mais baixos entre as Varas do Regional. Esse índice mensura a soma dos períodos de afastamento dos servidores do seu ambiente de trabalho por conta de algum motivo interveniente, exprimindo o reflexo de tal ausência na força de trabalho total da unidade. 

      No tocante às metas institucionais, considerando o período de janeiro a 31 de julho deste ano, verificou-se que a unidade cumpriu integralmente as 7 metas e alcançou  a pontuação máxima: 51 pontos em relação ao Índice de Atendimento às Metas  (IAM), desempenho que lhe garantiu a 1ª posição entre as unidades do Regional no que diz respeito ao cumprimento das metas. 

      Ao final da apresentação dos resultados, o desembargador Marcelo Vieira criticou a reforma trabalhista recentemente aprovada no Congresso Nacional, conclamando todos a fazer a defesa intransigente da Justiça do Trabalho. De acordo com o magistrado,  nenhum outro ramo da justiça está tão perto e acessível à população mais carente, sendo, por essa razão, um segmento do Judiciário dos mais respeitados e que goza de maior credibilidade por parte da sociedade.

      O juiz titular, Josimar Batista dos Santos, agradeceu a todos os  servidores o trabalho realizado, atribuindo-lhes a responsabilidade pelo sucesso. Salientou não  trabalhar em função do alcance de metas, mas que isso é consequencia da seriedade com que o trabalho é feito. 


      
      

 


      
      

 


      
      

 


      
      

 


      
      

 


      
      

 


      

Avenida da Paz, 2076 - Centro/ Maceió - Alagoas - CEP: 57020-440
Tel: 0 xx (82) 2121-8299 - CNPJ: 35.734.318/0001-80
Horário de funcionamento: 7h30 às 15h30 - Atendimento ao público: 7h45 às 14h30, de segunda a sexta-feira, exceto nos feriados.

Atualizado em 23/08/2017