Site TRT 19ª Região - Psicóloga apresenta palestra Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho

16/05/2017 - Psicóloga apresenta palestra Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho

Psicóloga apresenta palestra Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho

Na manhã da última sexta-feira (12.05), a psicóloga Lúcia Cerqueira, da ONG Chama Viva, apresentou a palestra Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho, abordando vários aspectos que afetam a saúde no ambiente laboral. Segundo ela, é preciso que as pessoas busquem mecanismos para obter o equilíbrio e não passar a carga emocional aos companheiros de trabalho. O evento foi mais uma atividade comemorativa ao mês do trabalhador promovida pelo do Setor de Saúde do Tribunal Regional do Trabalho da 19ª Região (TRT/AL).

Lucia Cerqueira destacou que a Organização Mundial de Saúde (OMS) define o conceito da palavra saúde como um estado completo de bem-estar físico, mental e social, não sendo apenas a ausência da doença. Em seguida, salientou que a cura está diretamente ligada ao conhecimento interno e integral da natureza humana.

A psicóloga também explicou o significado de uma frase muito comum e utilizada pelos profissionais da área de psicologia: A cura começa de dentro para fora. De acordo com ela, isso significa que o ser humano precisa expressar os sentimentos negativos que o incomodam, e não acumulá-los.

"Quando o indivíduo consegue expressar estes sentimentos, seu potencial transformador atua como uma força invisível e amplia-se a sua possibilidade de cura", frisou. Na oportunidade, Lúcia Cerqueira afirmou que o stress significa um padrão somático de defesa do organismo, frente a um perigo que a pessoa não consegue coordenar completamente.

Ao longo da apresentação, a facilitadora destacou que o stress desenvolve-se em algumas fases. A primeira é a de alerta, considerada uma etapa positiva, na qual o organismo sai do equilíbrio interno devido a uma necessidade de autodefesa, o que concebido como algo normal. Em seguida, vem a fase de resistência, que é o momento no qual a pessoa tenta adaptar-se e, consequentemente, gasta muita energia para isso. Posteriormente, ocorre a exaustão, quando o ser humano fica fortemente desgastado, podendo surgir os diversos tipos de doenças.

Logo após, a palestrante elencou algumas consequências do stress: debilidade do organismo, como a perda de sua flexibilidade e capacidade receptiva; comprometimento do aspecto cognitivo em relação à percepção, concentração, memória e atenção; excesso de irritação, ansiedade e intolerância; dificuldade de manutenção de relacionamentos intra e interpessoal em nível saudável, entre outros.

Após ministrar a palestra Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho, Lúcia Cerqueira conduziu a oficina de meditação, utilizando a metodologia conectar.